-

Desfalcado e com opções em baixa, Verdão muda time contra o Cruzeiro


O torcedor palmeirense que for ao estádio no próximo sábado para ver o duelo contra o Cruzeiro, às 19h30, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, vai acompanhar uma formação um pouco diferente daquela que se acostumou a ver nesta temporada. E o motivo são os desfalques.

Expulsos contra o Atlético-PR, na última quarta-feira, Robinho e Jackson vão cumprir suspensão automática, assim como Alecsandro, que fica fora após receber três cartões amarelos. Com exceção do ataque, que deve ter o retorno de Lucas Barrios após a rodada das Eliminatórias, o técnico Marcelo Oliveira vai precisar pensar para definir a defesa e o meio de campo.

Na zaga, o treinador conta com Leandro Almeida, Victor Ramos e Nathan como opções para atuar ao lado de Vitor Hugo. Após um fim de 2014 de destaque, Nathan pouco foi utilizado na temporada – ele fez apenas duas partidas no ano, sendo uma delas improvisado na lateral. Leandro Almeida já vem atuando pelo lado direito da defesa há algumas semanas, mas, como não pode ser utilizado na Copa do Brasil, pode dar lugar a Victor Ramos, que perdeu espaço e não foi relacionado por opção da comissão em algumas ocasiões recentemente.

O maior problema está no setor de criação. Contratado para ser o substituto de Valdivia, Cleiton Xavier ainda passa por uma fase de recondicionamento, em recuperação de duas lesões físicas em sequência que o afastam dos gramados desde o dia 19 de agosto.
Com a ausência de Robinho, a primeira opção para o setor de criação seria Rafael Marques. Porém, escalado como titular contra Vasco e Atlético-PR, o atleta teve desempenho bem discreto, acabou substituído no intervalo nas duas vezes e também pode perder a vaga.

De acordo com Marcelo Oliveira, Allione não possui características de armador, preferindo o argentino pelos lados e apostando nas jogadas de velocidade. Com Dudu centralizado, o Verdão pode ter uma formação mais defensiva, com Amaral, Matheus Sales e Arouca, ou deslocar Zé Roberto para o meio de campo, abrindo espaço para Egídio voltar ao time na lateral. Fellype Gabriel só jogou 24 minutos em 2015 e ainda não tem condições de atuar uma partida inteira.


Fonte: Globoesporte.com
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Se jogar contra o Santos com o Zé Roberto de lateral e Amaral de volante, vai levar um chocolate, treinador burro.

    ResponderExcluir