-

Rafael Marques e Dudu pedem atenção contra vacilos



Abrir 2 a 0 logo no primeiro tempo não impediu o Palmeiras de sofrer diante do Internacional na noite de quarta-feira. Aliviados, Rafael Marques e Dudu comemoraram a classificação à semifinal da Copa do Brasil no Palestra Itália, mas pediram mais atenção.

O Palmeiras entrou em campo jogando pelo empate sem gols, mas já vencia por 2 a 0 aos 38 minutos de partida. O Inter cresceu na etapa complementar e chegou a igualar o placar aos 28. O time da casa retomou a vantagem rapidamente e sofreu até o apito final.

“O Marcelo pediu mais atenção, porque a partida não estava ganha. Jogando em casa, não podemos vacilar. Mas o time está de parabéns pela classificação. Corremos muito, nos dedicamos e fomos coroados com a vaga diante de um grande adversário”, declarou Dudu.

Rafael Marques substituiu o lesionado Robinho ainda no primeiro tempo. Ao comentar o desenrolar da partida contra o Internacional, o atacante lembrou o confronto com o Joinville, pelo Campeonato Brasileiro, em que o Palmeiras também abriu 2 a 0 no Palestra Itália e sofreu o empate antes de vencer por 3 a 2.

“Ganhando por 2 a 0, não pode acontecer isso, ainda mais na Copa do Brasil. Já havia ocorrido contra o Joinville. É difícil apontar um motivo. É um pouco automático você dar uma relaxada. Bobeamos na bola parada, o que não vinha acontecendo nos últimos jogos”, disse Marques.

Na semifinal da Copa do Brasil, ainda sem datas e locais definidos oficialmente pela CBF, o Palmeiras enfrenta o Fluminense. Já pelo Campeonato Brasileiro, às 18h30 (de Brasília) de domingo, o time treinado pelo técnico Marcelo Oliveira pega a Chapecoense, em Santa Catarina.

“O objetivo maior era conquistar a vaga na próxima fase e a equipe está de parabéns pela classificação. Agora, temos que pensar na partida de domingo contra a Chapecoense. Uma vitória nos deixa no G4 e dá tempo para trabalhar”, disse Rafael Marques.

Fonte: Gazeta Esportiva
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário