-

Nem começou 2016 e o Palmeiras já tem R$ 42 milhões disponíveis


A atual situação financeira e a credibilidade do Palmeiras no mercado, de fato, é algo impressionante. Antes mesmo de 2015 acabar, a diretoria já sabe quanto terá disponível logo no começo de 2016 como parte principal da receita, tirando bilheterias, venda de produtos e mais uma série de outras entradas.

No início da semana, o Alviverde renovou contrato com a adidas, fornecedora de material esportivo desde 2006. O contrato não foi detalhado, mas o valor gira em torno de R$ 19 milhões por temporada. Além disso o patrocínio máster com a Crefisa e FAM (Faculdade das Américas) vai garantir mais R$23 milhões no caixa.

O montante será usado para equilibrar os salários e pagamentos de jogadores. A ideia da diretoria é reforçar o time com a ajuda do patrocínio da operadora de crédito. Além disso, alguns atletas que não deram certo deverão deixar o clube, dando um certo alívio na folha salarial mensal.

A previsão de bilheteria para o próximo é a média de R$ 1 milhão/jogo. Se por ventura o Palmeiras conquistar vaga na Copa Libertadores, a ideia é que os ingressos se inflacionem um pouco mais. Boa parte da torcida ainda não conseguiu entrar no Allianz Parque por conta de ingressos caros e a "obrigatoriedade" de ser sócio-torcedor. Quem não é Avanti dificilmente consegue assistir jogos decisivos no estádio palestrino.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário