-

Egídio supera vaias e garante que será aplaudido: "Não me escondo"


O lateral-esquerdo Egídio saiu vaiado pela torcida do Palmeiras após a derrota por 2 a 0 para o Sport, no último sábado, no estádio do Pacaembu. Com um jogo decisivo pela frente, diante do Fluminense, nesta quarta, às 22h (horário de Brasília), o jogador se disse convicto de que as críticas partiram de uma minoria e que a resposta virá na arena, com a classificação alviverde à final da Copa do Brasil.
Contratado após passagem conturbada pelo Dnipro, da Ucrânia, Egídio disse que já sabia da pressão que sofreria no Palmeiras quando chegou ao clube e que não se incomoda com isso.

– Cinco times grandes vieram atrás de mim e eu decidi particularmente vir para o Palmeiras. Sei que cobram muito, e eu aceitei, eu quis. Porque eu não me escondo de nada. Se eu for jogar amanhã, vou ajudar o Palmeiras e sair aplaudido pela torcida – afirmou, em entrevista coletiva nesta terça-feira.

Com expectativa de casa cheia para a partida decisiva, que pode manter o Palmeiras na briga por um título em 2015, o lateral-esquerdo acredita que o clima na arena será de união, com a torcida empurrando o Verdão rumo à final da Copa do Brasil.

– Ouvi torcedores me xingarem, mas eram minoria da minoria. Sei da grandeza da torcida do Palmeiras, dos verdadeiros torcedores, que são maioria e incentivam os jogadores nos 90 minutos. Quando tem um placar adverso, eles podem vaiar o time – completou.

O Palmeiras precisa vencer o Fluminense por 1 a 0 nesta quarta-feira para continuar sonhando com a taça. Qualquer empate favorece o time carioca. Caso o Verdão faça 2 a 1, mesmo placar construído pelo Tricolor na ida, a decisão será nos pênaltis.

Fonte: Globo Esporte

Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário