-

Conversa de 40 minutos marca volta do Palmeiras aos treinos pós-goleada


Muita conversa para corrigir os erros: esse foi o tom do treino do Palmeiras nesta quarta-feira, na Academia de Futebol. O elenco se reapresentou após a goleada por 5 a 1 sofrida para a Chapecoense e dois dias de folga geral e ouviu o técnico Marcelo Oliveira por aproximadamente 40 minutos antes de iniciar as atividades propriamente ditas.
Todos os atletas presentes no CT, inclusive os que se recuperam no departamento médico, como o volante Arouca e os meias Robinho, Zé Roberto e Cleiton Xavier, participaram da conversa. Não houve a presença de dirigentes. O gerente de futebol Cícero Souza estava no local, mas não se juntou ao grupo.

Apenas os quatro lesionados deixaram o campo ao final da reunião. Os outros continuaram para um trabalho em campo reduzido, que contou com a presença de atletas do sub-20, dando sequência à integração promovida pelo clube entre a equipe profissional e as categorias de base. Robinho e Zé Roberto ainda voltaram ao campo para trabalhar sob comando do fisioterapeuta Marcelo Gondo.

Marcelo Oliveira pretende aproveitar ao máximo os próximos dias para recuperar completamente o elenco e chegar ao jogo contra a Ponte Preta em condições físicas e técnicas ideais. Ele terá exatamente uma semana de trabalho até o confronto, marcado para o dia 14, às 21h, na arena do Verdão.

Diante do time de Campinas, ele não poderá contar com o zagueiro Jackson e o lateral-esquerdo Egídio, suspensos. Além disso, o técnico já estuda alternativas para suprir a ausência de Arouca, que ficará em recuperação de um problema no joelho direito por pelo menos um mês.

Fonte: Globo Esporte
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário