-

Argentinos rendem bem e criam "problema" para Marcelo Oliveira


A vitória por 3 a 1 sobre o Avaí na noite do último sábado não apenas rendeu três pontos à equipe paulista como também proporcionou uma nova "dor de cabeça" para o técnico Marcelo Oliveira. Procurando poupar alguns nomes para o confronto das semifinais da Copa do Brasil diante do Fluminense na próxima quarta-feira, o treinador lançou mão do trio de argentinos Allione, Mouche e Cristaldo.

O "problema" é que todos os três renderam muito bem e tiveram participações decisivas para o resultado favorável. Considerados reservas até então, agora Marcelo Oliveira tem uma pulga atrás da orelha em relação aos hermanos.

Com movimentação intensa, Allione foi um motorzinho no meio e ajudou tanto na marcação quanto na criação das jogas. Já Mouche, que vem voltando de longo período de lesão, foi responsável direto pelo início da jogada do gol de Gabriel Jesus, cuja assistência foi do próprio Cristaldo. O camisa 9, aliás, também deixou o seu, o segundo do Verdão:

"Os jogadores que entraram estavam com o olho brilhando para jogar. Por isso, entraram bem. São os casos do Mouche, Cristaldo e Allione. Fica claro que a gente tem boas opções para a sequência do Brasileiro e da Copa do Brasil. Mouche tinha participado pouco porque tinha ficado parado, Allione está voltando aos poucos também. Então ganhei mais opções para quarta-feira, sempre pensando que são dois jogos", avaliou o técnico em coletiva após a partida.

Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário