-

Apesar do tropeço, Palmeiras celebra rodada favorável na briga pelo G-4


Foi ruim, mas poderia ter sido bem pior. Foi esse o discurso adotado pelos palmeirenses ao deixarem a arena após a derrota por 1 a 0 contra a Ponte Preta, na última quarta-feira. Com o tropeço em casa, o Verdão se manteve fora do G-4, com 45 pontos. No entanto, com as derrotas de rivais diretos, o time de Marcelo Oliveira acabou se mantendo na sexta colocação.
O São Paulo, que é o quinto com 46 pontos, foi derrotado pelo Fluminense, no Rio de Janeiro. Já Flamengo e Internacional, que somam 44 pontos, foram derrotados por Figueirense e Atlético-MG respectivamente. O Santos, que abre o G-4 com 46 pontos, enfrenta o Grêmio nesta quinta-feira, em Porto Alegre.

– Se o São Paulo e o Flamengo tivessem vencido, a nossa situação complicaria um pouco. Mas acabou praticamente permanecendo do jeito que começou a rodada. Ainda tem o Santos, que tem um jogo difícil, mas acredito, no mínimo, no empate. Então, nada perdido – disse Alecsandro. 

Se os principais concorrentes não abriram vantagem, o Palmeiras viu outras equipes encostarem na classificação. Com a vitória na arena alviverde, a Ponte foi a 44 pontos, assim como o Sport, que venceu o Avaí no Recife.

– É lógico que o jogador precisa fazer a leitura do campeonato. Com essa derrota, a Ponte Preta também chegou, o Sport encostou. Essa derrapada nossa trouxe quem estava mais para baixo. Temos consciência agora de que a briga pelo G-4 aumentou ainda mais – completou o atacante.


Fonte: Ge
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário