-

6 meio-campistas que o Palmeiras deveria contratar em 2016



Foram quase 30 reforços em 2015 para o até então irregular ano palmeirense. Mesmo com a diretoria contratando nomes de nome no mercado futebolístico, os resultados ainda não agradam totalmente. Com claras deficiências, sobretudo no meio, listamos aqui seis nomes que poderiam pintar no setor em 2016:
6. Dátolo

O argentino Dátolo tem características que ainda são muito carentes ao plantel palmeirense. Canhoto e organizador, pode ser a peça que falta para a engrenagem do Palmeiras. Seu contrato com o Atlético-MG termina em dezembro de 2016, podendo assinar gratuitamente um pré-acordo em junho do mesmo ano. Seria uma boa possibilidade para pleitear valores mais baratos ou uma troca interessante.

5. Diego

Ex-Menino da Vila, o meia Diego volta e meia aparece como possível reforço de um clube brasileiro. Longe da Seleção, a volta ao país pode ser a chave para ser novamente lembrado por Dunga. Oportunidade esta que o Palmeiras poderia explorar junto ao atual jogador do Fenerbahce, da Turquia.

4. Everton Ribeiro

Outro que pode ver numa volta ao Brasil a chance de reconquistar um lugar na Seleção Brasileira. E há o adendo de ter trabalhado com Alexandre Mattos no Cruzeiro, onde a dupla se sagrou bicampeã nacional em 2013 e 2014. Atualmente, Everton é jogador do Al-Ahli, dos Emirados Árabes.

3. Ronaldinho Gaúcho

Apesar da idade e da frustrante recém passagem pelo Fluminense, Ronaldinho Gaúcho ainda pode render nas bolas paradas, explorando o bom jogo aéreo da equipe. E, se bem treinado, também é capaz de entrar em forma adequadamente para contribuir mais.

2. Conca

O meia ex-Flu já deu sinais de que está insatisfeito na China. Com 32 anos e um vigor físico invejável, ainda tem lenha para queimar. Poderia vir para organizar o setor de distribuição da equipe.

1. Valdívia

Não seria uma negociação fácil (vínculo do jogador com o Inter vai até 2019), tampouco o jogador deu sinais de que pretende sair do Beira-Rio. Mas é fato que se encaixaria muito bem no time, fazendo as vezes de Rafael Marques, na alternância entre o meio e o ataque. Ainda mais se este não permanecer. Sonhar não custa nada.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário