-

Chapecoense cobra R$ 500 mil por compra de Leandro Pereira




O Palmeiras já vendeu Leandro Pereira, mas ainda pode ter despesas com o atacante. A Chapecoense entrou na Justiça com ação cobrando R$ 500 mil do alviverde pela compra do centroavante, que ocorreu no começo da temporada. Pereira já foi vendido para o Club Brugge, da Bélgica – o clube paulista lucrou cerca de R$ 5 milhões com a transação.
 

A cobrança é por um acordo chamado "taca de vitrine". Leandro pertencia ao Cianorte, mas estava emprestado para a Chapecoense – uma cláusula do contrato previa que, caso o jogador fosse vendido para outro clube do Brasil, a Chapecoense teria direito a R$ 500 mil pela exposição dada ao jogador.
 

Segundo um contrato apresentado no processo pelo clube catarinense, o alviverde paulista assumiu o compromisso de pagar esse valor, mas isso acabou não acontecendo. Depois de cobranças através de e-mails e uma notificação, o time de Chapecó acionou a Justiça.
 

O Palmeiras ainda não se defendeu no processo – tem três dias para fazê-lo, pagando a dívida ou contestando sua validade. Procurado, o clube tem como política não comentar as ações judiciais em andamento.
A ação corre na 8ª Vara Cível de São Paulo. Com a camisa do Palmeiras, Leandro Pereira disputou 29 partidas e marcou nove gols.




Fonte: UOL
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário