-

'As críticas não me incomodam', diz o lateral Egídio


Egídio vem acumulando más atuações, foi sacado do Palmeiras no intervalo da derrota para o Goiás e pode virar reserva no clássico de domingo, contra o Corinthians. Mas nada abala o lateral esquerdo. Embora o técnico Marcelo Oliveira tenha dito que ele é um jogador que sente as críticas, o discurso do camisa 66 foi de confiança no desembarque do time nesta quinta-feira, no aeroporto de Guarulhos.

"Não tenho isso, não. Já estou com meus 29 anos, já joguei no Maracanã com 92 mil pessoas no estádio. As críticas não me incomodam. Não vou temer o que tiver de passar. Dou a cara a tapa, confio muito em Deus e no meu talento", falou Egídio, com passagem pelo Flamengo e dois títulos brasileiros seguidos pelo Cruzeiro em 2013 e 2014, como titular.

A sequência recente de más atuações não faz nem o lateral esquerdo cogitar optar por jogadas mais simples, sem se expor com tantos cruzamentos, sua especialidade.

"Não vou me omitir. Vou continuar me arriscando. Às vezes, alguém vai reclamar, mas vou continuar tentando, essa é a minha personalidade", definiu-se.

Apesar das palavras, no domingo, quando Egídio ouviu vaias ao ser substituído na vitória sobre o Joinville, Marcelo Oliveira o viu sentindo as críticas. Além de dar a entender que a partida dessa quarta-feira, em Goiás, poderia ser sua última chance - e o trocou por João Paulo no intervalo.

Mas a possibilidade de ser reserva não mexe com Egídio, segundo o próprio jogador.

"O Marcelo sabe o time que monta e é sempre em prol do Palmeiras, sempre o melhor. Se eu for ou não titular, não vou ficar chateado e vou respeitar quem jogar", disse o lateral, adotando discurso coletivo para o time se recuperar no dérbi.

"Infelizmente tivemos um resultado negativo contra o Goiás, que acho que não foi justo. Agora é trabalhar, concentrar, esquecer isso aí e focar no clássico, para continuarmos 100% firmes e com condições de continuar ganhando", falou Egídio.

Fonte: ESPN
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário