-

Palmeiras aposta em conversa e elenco para ajustar time em maratona


Com pouco tempo para treinar, o Palmeiras procura alternativas para ajustar o time durante a maratona de jogos nos próximos meses e encerrar a má fase - derrotas em sequência para Atlético-PR, Cruzeiro e Coritiba - que tirou a equipe do G-4 do Campeonato Brasileiro.

Depois do Flamengo, no domingo, o Verdão terá pela frente Cruzeiro (pela Copa do Brasil, 19/8), Atlético-MG (23/8), Cruzeiro (pela Copa do Brasil, 26/8), Joinville (30/8), Goiás (2/9), Corinthians (6/9), Internacional (9/9), Figueirense (12/9), Fluminense (16/9), Grêmio (20/9) e São Paulo (27/9). Se avançar para as quartas de final da Copa do Brasil, acumulará mais dois confrontos, nos dias 23 e 30 de setembro.

Quando Marcelo Oliveira assumiu o comando da equipe, em junho, o treinador resolveu levar o elenco para uma intertemporada em Atibaia (SP), logo após a derrota para o Grêmio, em Porto Alegre. Depois do período de concentração fora da capital, o Verdão reagiu e conseguiu uma série de nove partidas de invencibilidade.

Uma nova concentração no interior, neste momento, está descartada. Mas os atletas tentam usar o período como lição e modelo a ser seguido no clube agora.

– Temos de usar a experiência que tivemos. Aquela semana em Atibaia foi boa, o Marcelo acertou o time, ficamos juntos lá. Agora tem de ser no hotel, ver o que podemos acertar, conversar, é válido e sempre bom. Ainda mais agora perdendo. Temos de vencer o mais rápido possível – disse Rafael Marques.

Desde o início da temporada, a comissão técnica do Palmeiras tem adotado uma prática mais intensiva na recuperação dos atletas. Após os jogos, geralmente são dois dias de atividades físicas antes de um novo trabalho com bola. Desta maneira, agora com partidas aos domingos e quartas-feiras, Marcelo Oliveira tem tido menos tempo para ir a campo com os atletas.

Depois da partida contra o Coxa, os titulares fizeram uma atividade regenerativa ainda em Curitiba. Nesta sexta-feira, o elenco volta aos treinos na Academia de Futebol, e Marcelo Oliveira terá apenas dois dias para trabalhar com o grupo.

Uma das peças do setor mais concorrido do Palmeiras, o atacante Alecsandro afirma que poder do elenco palmeirense é outro ponto que pode ser importante para a recuperação da equipe no Brasileirão.
– A vantagem é ter um grande elenco. mas quando fala disso, tem de mostrar em campo que o elenco funciona. 

Vamos poder provar se realmente temos um grande elenco. São vários jogos, com certeza o Marcelo vai usar muitos jogadores, a força do elenco vai fazer diferença neste momento. 

São jogos decisivos, temos de voltar a pontuar para ficar entre os líderes. Nós nos colocamos nessa situação, temos de aceitar a cobrança e recolocar o Palmeiras onde tem de estar – avaliou Alecsandro.


Fonte: GE
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário