-

Em seis jogos como rival do Cruzeiro, Marcelo Oliveira só venceu dois


No próximo domingo, o Mineirão será o palco do sétimo confronto entre Marcelo Oliveira e Cruzeiro. Nos seis jogos disputados contra seu ex-clube na Série A do Campeonato Brasileiro, o comandante conquistou apenas duas vitórias.

Como técnico do Atlético-MG, saiu derrotado nos dois encontros que teve diante do Cruzeiro. No primeiro deles, revés por 2 a 1 no dia 13 de julho de 2008. Alguns meses depois, no dia 19 de outubro, mais uma vez, vitória cruzeirense por 2 a 0.

Seu retrospecto contra a equipe mineira começou a mudar em 2011, quando assumiu o Coritiba. O primeiro duelo, no entanto, ainda teve revés por 2 a 1, na Arena do Jacaré, em 25 de junho de 2011. Os atuais campeões brasileiros marcaram duas vezes com Montillo - um deles de pênalti -, enquanto Marcos Aurélio diminuiu para os paranaenses. Em 21 de setembro do mesmo ano, no Couto Pereira, os anfitriões venceram por 2 a 1. 

No ano seguinte, o Cruzeiro de Celso Roth ainda juntava os cacos após a turbulência vivida na temporada anterior. Melhor para Marcelo, que recepcionou a equipe no Couto Pereira com um sonoro 4 a 0.

Por fim, já no comando do Vasco - que viria a demiti-lo após menos de dois meses de trabalho em virtude de um acúmulo de seis derrotas seguidas -, segurou um empate em 1 a 1 contra os mineiros no Melão, em Varginha. Renato Silva marcou contra a própria meta e colocou os mineiros na frente; Nilton descontou.

Contra o time azul, foram duas vitórias em seis jogos: um total de 33,3% de aproveitamento dos pontos disputados. Mal sabia Marcelo que o Cruzeiro seria protagonista dos melhores anos de sua carreira até o momento, conquistando duas edições do Campeonato Brasileiro, em 2013 e 2014, e o Campeonato Mineiro em 2014.

Para tentar manter o Palmeiras próximo do G-4, Marcelo Oliveira precisará vencer seu ex-clube no Mineirão pela primeira vez. O duelo acontece neste domingo, às 16 horas (de Brasília). 


Fonte: ESPN
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário