-

Palmeiras ainda tem três caminhos para reduzir punição de Dudu


O primeiro recurso apresentado pelo Palmeiras para reduzir a suspensão de seis meses de Dudu foi negada nesta segunda-feira pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP). O atacante, entretanto, ainda tem boas chances de diminuir o gancho: existem pelo menos três caminhos para isso.

O primeiro deles, e que será seguido pelo Palmeiras, é um recurso para o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O STJD é um órgão diferente, superior ao TJD-SP e sediado no Rio de Janeiro.

A jurisprudência do STJD em casos parecidos com o de Dudu indica que o camisa 7 alviverde pode conseguir a redução de pena: em 2014, Petros, que pegou inicialmente os mesmos seis meses, teve a pena baixada para três partidas pelo empurrão dado no árbitro Raphael Clauss. Neste ano, Thiago Heleno, que partiu para cima do árbitro na partida entre Figueirense e Internacional, pegou também três jogos de gancho.

Junto com o recurso, que será apresentado nos próximos três dias, o Palmeiras também pedirá efeito suspensivo – a tendência é de que o atacante possa estar em campo no final de semana, diante do Vasco, e até o julgamento definitivo do caso, ainda sem data.

Caso o recurso não consiga reverter a decisão, Dudu pode se beneficiar de algo chamado Transação Disciplinar Desportiva. A transação, prevista no artigo 80-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, é uma espécie de acordo entre a defesa e a procuradoria.

Um atleta só pode ser beneficiado pela transação uma vez a cada 360 dias. Através dela, há uma redução da pena, em troca do compromisso de bom comportamento no futuro. Esse acordo precisa ser homologado por um auditor sorteado do tribunal.

Nesta segunda, tanto a defesa de Dudu como a procuradoria demonstraram interesse em um acordo, mas o presidente do TJD-SP, Mauro Marcelo de Lima e Silva, não permitiu. Ele pode, contudo, acontecer nesta nova fase do processo.

Em ultimo caso, caso o Palmeiras realmente não consiga uma decisão que reduza a pena de Dudu, existe ainda uma opção: o CBJD prevê a possiblidade de uma redução de pena pela metade, em troca de medidas socioeducativas que envolvam o esporte. Nesse cenário, se tivesse o pedido aceito, o jogador do Palmeiras cumpriria 90 dias, e prestaria serviõs comunitários.

Fonte: Uol Esportes
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário