-

Fellype Gabriel se apresenta ao Verdão e admite: ‘Estava ansioso’


Anunciado como novo reforço do Palmeiras no dia 25 de maio deste ano, o meia Fellype Gabriel, enfim, foi apresentado oficialmente nesta terça-feira (28), na Academia de Futebol. À espera de sua regularização junto à CBF (Confederação Brasileira de Futebol), o jogador treinou normalmente com o restante do elenco palestrino durante este período longe dos gramados e, por isso, teve de conter a ansiedade para vestir a camisa do Verdão.

“Eu estava um pouco ansioso. Sou bem tranquilo com relação à ansiedade, mas, desta vez, estava um pouco ansioso por estar há algum tempo no clube e ser apresentado só agora. Espero fazer o meu melhor, ajudar os meus companheiros e estar à disposição”, declarou o novo camisa 30, que elogiou bastante o ambiente encontrado dentro do grupo palmeirense.

“Fui muito bem recebido aqui, e já estou enturmado. Já conheço bastante os meus companheiros, alguns já joguei junto e outros atuei contra quando era mais novo. Estou feliz por estar com eles novamente, me esforçarei ao máximo para estar no nível deles o mais rápido possível”, falou.

E o bom momento do Palmeiras no Brasileirão também é visto com bons olhos por Fellype Gabriel. “É melhor você chegar em um ambiente assim do que pegar o time em um momento ruim. Isso dá tranquilidade para poder trabalhar, nós temos uma equipe qualificada e com jogadores em várias posições. Me dedicarei ao máximo nos treinos para, quando eu tiver uma oportunidade, ajudar o Palmeiras e os meus companheiros”, afirmou o reforço.

O meia, inclusive, já quer estrear pelo Verdão. “Já estou à disposição para ir ao jogo, só estava faltando a liberação. Lógico que não estou 100% na parte física, mas sou um jogador que me dedico muito e estarei logo no nível dos meus companheiros”, disse. “Me cobro bastante nos treinamentos. Fisicamente eu já estou melhorando, e tecnicamente também. A tendência é que eu evolua cada vez mais rápido”, emendou o palestrino, que comentou sobre o seu estilo de jogo.

“Já joguei em várias posições e isso me ajuda bastante, pois, em alguns momentos do jogo, você não precisa tirar jogadores, só mudar de posição. Eu me acostumei a jogar mais pelos lados do campo, assim como o Dudu e o Kelvin. Mas, no Mundo Árabe, eu joguei mais pelo meio. Da forma como o Marcelo optar, eu estarei à disposição e pronto para corresponder”, finalizou.
Fonte: Site Oficial
Share on Google Plus

About Unknown

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário