-

Crefisa investe 'sem limite' e quer ser melhor que a Parmalat no Verdão


A parceria do Palmeiras com seus atuais patrocinadores não tem limites. Nem de tempo, nem de investimentos, nem de objetivos. É o que diz Leila Pereira, presidente da Crefisa e diretora geral da Faculdade das Américas.

O tempo previsto em contrato é de dois anos, até o fim de 2016, mas a renovação é quase certa caso Paulo Nobre consiga eleger um sucessor. O investimento inicialmente seria de R$ 23 milhões por temporada, mas já chegou à casa dos R$ 60 milhões anuais (considerando os acordos de patrocínio e a contratação de Barrios, e sem contar os cerca de R$ 8 milhões da reforma na Academia de Futebol, também bancados pela empresa) e não para de aumentar, já que a Crefisa não tem um orçamento para limitar seus gastos com o clube. O objetivo, por fim, é terminar 2015 com a taça do Brasileiro. Mas não só isso...

- Nós queremos que o Palmeiras seja o melhor time do Brasil. Nós queremos que o Palmeiras seja um ícone da América do Sul. E nós temos condições para isso! A administração é séria e o patrocinador é de peso, então não tem por que não ser - disse Leila.

Nesta entrevista, ela conta quanto suas empresas gastaram para trazer Barrios, explica porque preferiu o Palmeiras ao São Paulo, anuncia que pretende ajudar também na reforma dos prédios administrativos do clube e não descarta, acredite, nem comprar o Allianz Parque.

Vocês surpreenderam ao bancarem a vinda do Barrios. Podem vir ainda mais ações além do simples patrocínio?
A nossa relação com o Paulo Nobre e com o primeiro vice-presidente (Maurício Galiotte) é muito aberta, eles sabem que podem contar com a Crefisa e com a Faculdade das Américas no que precisarem. Nós estamos investindo no clube, não para a empresa. No Barrios, por exemplo, não temos vantagem financeira nenhuma. A vantagem é o Palmeiras ser campeão e vincular nossa marca com isso. Se o Palmeiras vender o Barrios, o combinado é que o que foi gasto seja restituído à Crefisa. Se houver lucro, é do Palmeiras. O que nós queremos ver é o Palmeiras campeão, 17 milhões de torcedores felizes. Estamos reformando o CT, vamos colocar iluminação no campo principal da Academia. Vamos fazer isso para o bem-estar dos nossos atletas, porque se eles não estiverem bem, não temos os resultados. A sede do Palmeiras, que fica ao lado do Allianz, tem uns prédios inacabados e vamos conversar para ajudar a finalizar. Mas não agora, porque estamos focados na Academia.



Fonte: Lancenet!
Share on Google Plus

About Unknown

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário